terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Comunicação face a face 4

Completando este conjunto de posts sobre a comunicação face a face nas organizações. No dia 3 de fevereiro, o jornal O Globo publicou uma matéria sobre o uso da terapia e do acompanhamento psicológico para melhorar o relacionamento interpessoal - leia-se: a comunicação, a conversa entre as pessoas.

Dizia o texto, entre outras passagens: "A falta de cuidados com o relacionamento interpessoal pode provocar rancores, mágoas, boicotes, brigas, explosões de raiva e até, separações - o que prejudica o andamento dos negócios e a prosperidade da empresa."

A falta de conversa, de entendimento e de relações sadias, onde as "emoções" (exato, as emoções - tantas vezes fora das complexas engrenagens racionais dos negócios) não são levadas em conta podem prejudicar o ambiente de trabalho. Podem criar barreiras e prejudicar a integração das equipes, a superação de desafios e o atingimento de metas. Voltando ao texto supracitado: "Tantos problemas (podem surgir) que se criam bloqueios. Ou seja, ninguém consegue ouvir o que o outro está dizendo".

Completo a nota de hoje com outro frase, desta vez do escritor norte-americano Ralph Waldo Emerson: “Ser compreendido é um luxo”.

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Gaulia, tudo bem? Não sei se lembrarás de mim, mas resolvi escrever para saber como estão as coisas. Fiquei surpresa e feliz ao ver, em minha pesquisa no google sobre Comunicação face-a-face, que você está com um blog na net. A última vez que tive notícias você estava na Boticário, e agora? Onde andas? Eu continuo na Vale em Carajás (PA), trabalhando com comunicação integrada (mais voltada à comunidade e à comunicação sobre sustentabilidade na empresa) em Canaã dos Carajás. Os processos de audiências públicas deram uma parada por estes tempos mas estaremos retomando este trabalho em breve. Dias destes encontri Daryush, parece que as coisas vão bem na Alunorte. Me mande notícias,ok? Bom ver você pelo google! Abraços, Karen Cristina Mota

Luiz Antônio Gaulia disse...

Karen,
que bom receber seu post e notícias suas!
A Alunorte está numa evolução bastante interessante, realmente.
Neste momento estou em projetos de comunicação para a sustentabilidade e tocando este BLOG entre outros assuntos "comunicantes".
Mande seu e-mail, estou no lgaulia@bol.com.br.