terça-feira, 25 de novembro de 2008

Casas Bahia.

A maior rede varejista de eletrodomésticos e móveis do Brasil, a Casas Bahia já foi estudada como case em Harvard e apontada também por C. K. Prahalad (professor e autor de "A Riqueza na Base da Pirâmide") como exemplo de negócio focado no nicho econômico das classes C e D, de baixa renda).

Com o bordão "Dedicação total a você", a Casas Bahia soube conquistar a "freguesia" com um estilo próximo de relacionamento. Contudo, nem mesmo uma referência como ela está livre de acontecimentos que podem manchar sua reputação e sua trajetória.

Depois do trágico e inacreditável incidente onde um segurança de umas das lojas da rede, em São Paulo, assassinou um cliente dentro do estabelecimento, ontem, foi a vez de um encarte publicado nos jornais do Rio de Janeiro, levar novamente o nome da rede às manchetes policiais.
Um preço errado causou tumulto e muita reclamação por parte de clientes. Lamentável, sob todos os aspectos.

Um comentário:

Daryl Steel disse...

Acho que isso é um acidente que pode acontecer a qualquer loja. Como é casas Bahia a imprensa foi encomendado para espalhar e colocar medo nas pessoas. Toda a minha vida eu comprei eletrodomésticos nesta loja e nunca teve problema.