quarta-feira, 11 de março de 2009

O que a organização tem a dizer?

Caiu da minha estante o "Virando a própria mesa" escrito por Ricardo Semler em 1988. É bom reler textos inovadores que por sua vanguarda continuam atuais. Destaco abaixo um trecho sobre a necessidade da "escuta", do "ouvir os empregados - o que faz parte do diálogo e da busca por soluções comuns. Um trecho que serve para qualquer época, num mundo com ou sem crise.

"O excesso de inteligência ambiciosa é causa de grande tumulto. Raras são as pessoas muito inteligentes que sabem ouvir melhor do que falar. A sobrevivência a longo prazo vem de ouvir com cuidado o que a organização, a partir de seus mais humildes funcionários, tem a dizer. A verdade da empresa está lá, e não nos corredores executivos, na discussão sobre o mercado futuro de commodities, ou na sala do gerente."


Se quiser, leia uma entrevista de Ricardo Semler na Revista Época, sobre "Soneca no trabalho" acessando:
http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT699954-1666,00.html

Nenhum comentário: