domingo, 13 de dezembro de 2009

A sustentabilidade virou espetáculo?

O site da revista PLURALE e o site NÓS DA COMUNICAÇÃO publicaram meu artigo sobre o espetáculo da sustentabilidade, esse tema-show que não sai mais das manchetes. Ora como apocalipse, ora como a solução e a esperança para empresas, governos e cidadãos planetários.

Porque como disse o escritor e biólogo moçambicano Mia Couto em recente análise publicada no jornal O Globo (12.12.2009): "Acredito no aquecimento global, mas não sei se tem essa dimensão dramática que provém de certezas que não necessariamente temos. Acredito que há variáveis que não sabemos ainda equacionar (...) há muita confusão entre projeção e previsão."

Portanto, caso vocês leitores (as) se interessem, convido a todos (as) a lerem meu texto na íntegra visitando um dos dois sites. Para quem não os conhece, os dois endereços trazem muitos outros colunistas e diferentes reportagens sobre comunicação, sustentabilidade e a diversidade do pensamento humano. Mesmo que não seja pelos meu artigo, a visita será de grande proveito, podem apostar.

Na PLURALE, buscando por colunistas e no NÓS DA COMUNICAÇÃO, hoje, ainda na manchete da página de abertura. Bom domingo!

NÓS DA COMUNICAÇÃO:
www.nosdacomunicacao.com

PLURALE:
www.plurale.com.br

2 comentários:

Ocappuccino.com disse...

Será que toda está onda do termo 'sustentável' não acontece pq a responsabilidade social/sustentabilidade estar muita associada ao departamento de marketing nas empresas? Se fosse por exemplo criado um departamento independente poderia se ver mais ações do que se ler ou ouvir mais discursos.

MATEUS

Luiz Antônio Gaulia. disse...

A questão vai muito além da pergunta sobre qual a área que deve tomar conta da "sustentabilidade", amigo. Mas a coerência entre discurso e prática é vital, você tem razão.Obrigado pelo seu comentário!