domingo, 31 de outubro de 2010

Workshop de Comunicação Integrada.


Visão do todo, percepção sistêmica da vida e das relações humanas na organização. Nesta semana que passou, tive o prazer de coordenar um workshop para 80 médicos (as), enfermeiros (as), psicólogas, fisioterapeutas, administradores (as) do HEB - Hospital Estadual de Bauru (SP). A proposta era conversar sobre comunicação integrada como ferramenta de gestão e como modelo de trabalho para a humanização das relações.

O encontro revelou-se pura energia: equipes profissionais mais conscientes de suas responsabilidades, no dia a dia de um hospital de referência regional, voltadas para o cuidado dos pacientes e da saúde podem conquistar maior qualidade de relações (e assim, de atendimento). Ao perceberem seus potenciais, muitas vezes escondidos pela burocracia e pelo silêncio, as pessoas comuns tornam-se senhoras de seus destinos e capazes de influenciar positivamente o futuro de uma grande instituição.

Quando damos voz (e ouvidos) à organização e rompemos com o silêncio, ganhamos fôlego renovado para aproximar pontos de vista e buscar soluções conjuntas. Foi uma grata surpresa conhecer o HEB e seu time de trabalho. As portas estão abertas. Corações e mentes idem. Agora, é hora de fazer acontecer e eu espero voltar para Bauru, em breve. Porque além de tudo, conheci e degustei a verdadeira receita do sanduíche que leva o nome da cidade. Mas essa já é outra história.

Um comentário:

Eleide disse...

Comunicação, relacionamento, ouvir, falar, planejar... estas palavras estão fluindo com maior facilidade entre as equipes do HEB. Em linguagem clássica dos meios ligados à área da saúde, foi feito um verdadeiro raio X, um diagnóstico rápido e contundente. Agora é definir o tratamento e acompanhar a evolução deste "paciente". Nosso agradecimento especial ao prof. Gaulia que deu "sobrevida" a todos nós. Saúde, Gaulia!!