quinta-feira, 9 de junho de 2011

O ursinho polar que vende pão de forma.




As marcas institucionais servem como um guarda-chuva de reputação para suas marcas de produtos. Deveria ser assim, se estivessem dentro de uma visão estratégica mais ampla de relacionamentos com seus multi stakeholders. Muitas vezes a marca de um produto é mais forte do que a "marca mãe". Uma Brahma vale mais do que uma AB ImBev - pelo menos aos olhos dos seus brahmeiros.


A Nestlé fez um movimento institucional há tempos e colocou sua marca em todos os produtos. Do Nescau ao Leite Moça, do Alpino ao Neston, todos receberam o nome Nestlé como um valioso carimbo institucional. Nestlé nesse caso é um símbolo tradicional, tão forte quanto a marca dos produtos que vende.


Quem está fazendo algo semelhante na sua linha de pães de forma é a mexicana Bimbo. Dona das marcas Pullman, Plus Vita, Firenzze e Nutrella, entre mais de 5 mil produtos e uma das mais poderosas panificadoras globais, a Bimbo já está estampando seu ursinho branco nas embalagens.


Qual o benefício desta ação? Ainda não percebi, mas o mascote corporativo está chegando para ficar e marcar terreno e mercado. De acordo com o site da empresa, a proposta é mostrar que a família consumidora tem agora um novo parceiro: prático e versátil, além de divertido. Com certeza terão que investir muito nessa comunicação para tornar tanto o simpático personagem quanto o nome Bimbo conhecido e admirado.


A Bimbo não atua somente no B2C mas também no B2B. No Brasil, o ursinho padeiro e polar faz negócios com Bob´s, Burger King e PlayCenter entre outros.

Nenhum comentário: