quinta-feira, 8 de março de 2012

Em quem você confia?




Os resultados da pesquisa global da Edelman conhecida como Edelman Trust Barometer, de 2012, foram apresentados hoje, no auditório da ESPM Rio, com o patrocínio da ABERJE. O "barômetro" apontou desta vez um declínio geral nos níveis de confiança, com quedas acentuadas em relação a governos e negócios. Pelo quinto ano consecutivo, as ONGs são a instituição mais confiável (menos no Brasil).


O dado ruim foi que o Brasil, em termos de confiança, perdeu a primeira posição em 2011 para a China. Interessante como uma ditadura pode ser percebida como "mais confiável" em relação a um país democrático, mas, pesquisa é como fotografia: depende do momento histórico, do lugar do sujeito entrevistado e também do formato das perguntas e técnicas utilizadas. Os fatores que podem ter afetado as percepções em relação ao Brasil, explicando a queda de confiança, de uma maneira geral, passam pela euforia com os anúncios do Pré-Sal, da Copa e das Olimpíadas embalados por um ufanismo exagerado, no ano passado, com uma descrença nas instituições, após vários escândalos políticos e denúncias de corrupção pelos jornais, além de greves com a dos Correios e dos bancos.



Na imagem acima, podemos perceber que a Mídia continua com uma avaliação melhor do que outros atores sociais. A Mídia foi a única instituição a ter um aumento da confiança em relação ao ano passado. No Brasil, entretanto, ela teve uma queda.


Nenhum comentário: