quinta-feira, 17 de maio de 2012

  
A comunicação organizacional precisa ser integrada, permanente e criativa. Precisa representar os valores da marca e engajar empregados para cativar clientes, consumidores, mídia, fornecedores e investidores. Precisa ser estratégica, planejada, segmentada e ter senso de oportunidade, sempre atenta aos cenários de risco. Precisa educar para a construção da sustentabilidade e refletir, com coerência, as práticas existentes, como o reflexo de uma gestão inovadora - exigência da dinâmica de um mundo globalizado e competitivo.

  É preciso contar a história da empresa, da marca, do negócio ou do produto, bem como dos sujeitos que fazem as promessas acontecerem: de maneira cativante e verdadeira. A simplicidade da verdade é a chave de uma sedução confiável, que fortalece vínculos e relações, sabendo cuidar de detalhes e de sonhos. Sabendo respeitar as pessoas.

  Esta é a comunicação na qual acredito e com a qual trabalho.Esta é a comunicação que faz sentido, revelando significados, motivações e potencialidades.

Nenhum comentário: