quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O Papa no Twitter.

Liderança religiosa em 140 caracteres? Bento XVI está on line no microblog Twitter e tudo indica que a Igreja Católica Apostólica Romana quer dialogar com uma nova geração de fiéis conectados na rede. Certamente uma nova estratégia em termos de comunicação.


De qualquer forma, esta é uma boa nova para comunicadores que tem problemas em convencer seus líderes de que as redes sociais na web já fazem parte inevitável do cotidiano das marcas e das empresas.

Mesmo que uma empresa não queira estar na redes, ela já é parte desse universo, com uma única diferença: sua opinião não é divulgada, apenas as opiniões de seus admiradores ou seus detratores.Aqueles que defendem a marca e aqueles que denigrem a imagem da marca, ambos formando opinião.

Leia mais sobre o Papa no Twitter clicando aqui.

2 comentários:

Tecelã disse...

Olá, Gaulia. Não acredito que alguém vá se converter ao Catolicismo - ou se tornar um católico mais consciente - por causa de 140 caracteres, mas sem dúvida é bacana essa iniciativa do Papa em adotar mais um canal para se comunicar com o povo.
Grande abraço.

Luiz Antônio Gaulia. disse...

É verdade, Teresa. É só mais um canal de influência nessa busca por novos adeptos ou reforço aos antigos fiéis.

Na " modernidade líquida", 140 caracteres dão o recado de maneira rápida e fugaz, mas não convencem ninguém (acho eu...).