sábado, 17 de agosto de 2013

A comunicação da sustentabilidade passa pela visão sistêmica.

Sustentabilidade pode ser apenas uma palavra que traz uma ideia abstrata, um sonho. Muitos ainda a confundem com uma utopia, distante da realidade, do dia a dia. Daquele lado prático de nossas vidas e dos processos industriais, de mercado e dos resultados dentro das organizações.

Algumas empresas, por maior necessidade e cobrança da sociedade, dos clientes ou dos investidores, assumiram o desafio de rever seus processos e modelos de trabalho a partir da ótica da sustentabilidade. E quem sabe, liderar a definição de novas tendências.



Para isso acontecer, começaram a ir muito além do organograma tradicional de suas estruturas e das ações táticas de cada diretoria. Passaram a prestar atenção a um todo muito maior: a cadeia de valor envolvida na produção de bens, distribuição, serviços e entregas percebendo as diferentes conexões entre os diferentes stakeholders e assim, juntando o que estava aparentemente separado (ou o que nunca esteve separado de fato).

Um exemplo desse olhar mais amplo e desta visão sistêmica que a sustentabilidade obrigatoriamente traz para dentro das empresas é apresentado pela REXAM, fabricante mundial de embalagens. Pela característica de seu negócio de embalagens a empresa precisa necessariamente aprimorar seu modelo de gestão, de produção e de desenvolvimento de soluções e não só diminuir riscos, mas inovar de forma permanente. 



Por isso, a sustentabilidade entrou definitivamente na sua estratégia e nos seus discursos, sendo trabalhada a partir de três pilares: produtos, pessoas e operações globais. E para entender a rede de relações, impactos e influências que uma marca pode ter de forma abrangente, mesmo sendo tipicamente B2B, a REXAM explica em seu site de forma simples e fácil como pretende garantir sua trajetória rumo à uma cultura de sustentabilidade e garantir a perenidade de seu negócio.

Um comentário:

Anônimo disse...

Uma indústria que trabalha com alumínio precisa ficar atenta aos seus impactos!