sábado, 1 de março de 2014

Um Walmart nacionalista.

A nova campanha institucional  do Walmart nos EUA criada pela Saatchi & Saatchi de Nova York, trouxe uma trilha sonora de "Working Man" do Rush e um conceito de valorização e homenagem aos "bons trabalhadores" americanos. Tudo para mostrar que a companhia vai comprar mais de US $ 250 bilhões de produtos das fábricas americanas ao longo da próxima década. 


Em tempos de redes imediatas on line, ou melhor all line (pois o off e on agora sincronizam juntos e em tempo real e permanente)  os comentários no YouTube e  no Twitter lembraram que a banda Rush é canadense. O estilo da filmagem també, convenhamos, mostra uma indústria sucateda. Reparem só...não falta um ar de modernidade e alto astral nesse filme? 



Se o apelo era dar um tom nacionalista e valorizar o volume de recursos investidos nos EUA, a Walmart poderia ter aprovado uma campanha com um astral mais positivo. Bastava ver a campanha de 60 anos da Petrobras Made in Brasil, criada pela Heads, para perceberem como se deve fazer um comercial com tom realmente ufanista.





Nenhum comentário: