quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Sustentabilidade? Tudo a ver com ética e voto consciente.

Pensar a sustentabilidade de forma integral requer uma visão mais complexa da realidade. Nos acostumamos a entender o mundo e a aprender lições na escola e até mesmo em casa, através de uma visão fragmentada da realidade. Quando falamos de sustentabilidade, por exemplo, muita gente só considera o meio ambiente. Poucos já percebem que a dimensão ambiental, a social e a econômica andam de mãos dadas, inseparáveis. Contudo, para completarmos essa definição, precisamos pensar também na Ética, nos direitos e nos deveres da Cidadania e também nas eleições que se aproximam.


A Estácio já trabalha nessa linha,desde 2103, promovendo ações em prol da sustentabilidade nessa visão mais ampla e percebendo questões interdependentes. Questões simples como "Não colar na prova" ou "Respeitar a fila", por exemplo, serão divulgadas pela campanha interna de comunicação. Afinal, não dá para querer salvar o planeta se não respeitamos minimamente algumas regras básicas de educação, não é mesmo? A sustentabilidade começa localmente com atitudes cidadãs, bem na linha do "Act Local, Think Global".



Essa é a proposta da II Semana de Sustentabilidade que acontece em setembro em todas as unidades da Estácio no Brasil.
Integrando academia, gestão e também a sociedade, essa instituição de ensino superior quer levar uma educação transformadora ao maior número de pessoas e criar um impacto positivo na sociedade brasileira.

Ainda temos muito o que fazer, mas estamos no caminho!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Um grande exemplo para o Brasil.

Morreu ontem à noite um grande exemplo de empreendedor e de homem de negócios do Brasil. Antônio Ermírio de Moraes era um dos empresários mais bem-sucedidos do Brasil, cuja credibilidade e reputação era uma unanimidade. 

Presidente do Grupo Votorantim, um conglomerado industrial brasileiro com mais de 60 mil empregados, ele nasceu em  São Paulo em 1928 e formou-se em Engenheiro Metalúrgica pela Colorado School of Mines (EUA). Criador da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955 foi um empreendedor. Publicou diversos livros, muitos deles sempre defendendo a educação e foi também colunista do jornal A Folha de São Paulo por mais de 15 anos. 

Suas atividades como escritor foram responsáveis pela conquista da cadeira 23 da Academia Paulista de Letras. Antônio Ermírio de Moraes também se dedicou à responsabilidade social corporativa e à filantropia, atuando em instituições como a Cruz Vermelha Brasileira e a Sociedade Beneficência Portuguesa de São Paulo. 

A Votorantim possui um instituto para cuidar das ações sociais das empresas do grupo de forma integrada. 

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Revista Pense IBM: Crença, propósito e comprometimento.

A Revista PENSE da IBM Brasil está na sua terceira edição e um artigo meu foi publicado nas suas páginas. A revista é fruto de um trabalho bem bacana da equipe de comunicação, liderada pelo Mauro Segura e que também conta com uma super comunicadora que é a Flávia Apocalypse.



Desta vez a publicação fala sobre cidadania e traz outros bons textos para serem compartilhados e nos ajudarem a pensar literalmente nesse mundo cada vez mais complexo e conectado, em seus ritmos e velocidades e na sempre necessária humanização das relações (muitas vezes esquecida). 

Meu artigo fala da singularidade das marcas dentro do contexto da sustentabilidade.  Confira aqui no link.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Campanha do bem...bem LIGHT!

A LIGHT é uma empresa que eu admiro, marca carioca com mil histórias para contar e que atualmente é uma referência em sustentabilidade nos temas de segurança, relacionamento comunitário e claro, campanhas que tem tudo a ver com seu negócio. 


A última ação que está no ar, nas telinhas e nas redes é a mensagem de sempre: economizar energia! Bem legal! Sempre atual!

sábado, 9 de agosto de 2014

Flip Phone na área...

Telinhas que são compartilhadas, aparelhos que são dobráveis. Estão chegando os smartphones flexíveis que em breve, muito breve, serão de plástico, laváveis e em múltiplos formatos ou apenas uma imagem projetada em qualquer superfície a partir do toque do dedos ou quem sabe uma piscada de olho? É uma revolução permanente. Pra dar continuidade e ser um pedacinho dessa onda de maravilhosas inovações, chegou o gadget flexível, dobrável e soft criado pelo designer Kristian Ulrich Larsen (que já inventou outras belezuras). Uma tevê de mão, telefone, computador pessoal, câmera, arquivo de livros e mais uma centena de funções. Confira nas imagens abaixo o que o futuro nos reserva em termos de facilidades da tecnologia e novos sonhos de consumo. Sensacional!




domingo, 3 de agosto de 2014

Publicidade engajada? Ideologia? Provocação?

Para chamar a atenção e tentar alertar a juventude sobre a violência contra a mulher, uma tática publicitária pode ser a desconstrução da fantasia do "viveram felizes para sempre". 

Uma campanha assinada por um tal de "Saint Hoax"(um pseudônimo) tenta nos provocar nessa direção de escandalizar para fazer refletir. Veja algumas peças com as personagens Ariel, a pequena sereia e a bela Sherazade. 



Se vão mudar alguma realidade sobre a brutalidade entre casais ou a brutalidade entre seres humanos, ninguém sabe ao certo. Mas, com certeza, podem interferir nos contos de fadas, suas narrativas e na cabeça da criançada espectadora desse filmes e adoradora desses personagens. 



Essas ações que escandalizam propostas de negócios atacando marcas como a da Disney em suas ações "politicamente corretas, em prol de uma causa, muitas vezes criam outros problemas. Dizem o teóricos acadêmicos que estereótipos sexistas reforçados pela histórias infantis com as da Disney, perpetuam desigualdades de gênero. 



Para mim, isso é pura bobagem de quem teoriza na sala de aula mas não entende nada de folha de pagamento. O ser humano é sexista também sob as ditaduras soviéticas e cubanas que baniram as histórias infantis burguesas, substituindo-as pelo pensamento único do tirano de plantão. 



O lado animal da nossa espécie ataca os mais fracos, busca o poder e causa dor e morte. Graças a deus, nós também temos um lado genial e amoroso, capaz de criar laços de solidariedade capazes de construir civilizações e culturas admiráveis.

Bater em mulher é um ato selvagem, criminoso e não é por causa da desenhos infantis que uma mulher ou uma criança vai virar alvo ou presa fácil de algum troglodita.Há muito mais para ser analisado. Há muito mais na nossa natureza do que uma ou outra resposta ou provocação simplista.