segunda-feira, 23 de março de 2015

Sustentabilidade é uma prática sistêmica.

Sustentabilidade é uma prática sistêmica. A capacidade de sobreviver em cenários adversos depende cada vez mais dessa verdadeira competência empresarial. Ou competência governamental, no caso de empresa públicas geridas por políticos ou funcionários técnicos. Na questão que se refere à ética, toda a empresa é igual. Se os pilares básicos de um negócio não estiverem baseados em princípios éticos, o prédio inteiro pode ruir. Não existe atalho certo ou prática correta quando o objetivo final é ilegal, desonesto.


Para mim não existem empresas do mal, mas sei que existem gestores incompetentes e também gestores desonestos. E tem gente que é criminosa mesmo, como em todos os lugares e em todos os empreendimentos.Públicos ou privados. A ocasião faz o ladrão já dizia um velho ditado popular. Mas é muito triste e doloroso ser testemunha de momentos de verdadeira desconstrução do valor de uma empresa e uma marca fantástica como a da Petrobras. Uma marca cuja história sempre foi de orgulho para todos os brasileiros e muita gente de fora do Brasil. Eu mesmo trabalhei em diversos projetos sociais e de comunicação e fiz várias vezes visitas de benchmarking para conhecer e aprender mais sobre o modelo da Petrobras. O exemplo da Petrobras. 

Muitos amigos ainda estão por lá e nessas horas a gente só pode torcer para que o passado e o capital reputacional acumulado, consigam ser resgatados nesta que é a maior crise que se tem notícia. Uma crise que ainda não acabou.
Nesta semana a empresa foi retirada do Dow Jone Sustainability Index e na semana passada o Gerente de Comunicação saiu da empresa após 12 anos de trabalho; o CONAR tinha determinado a mudança de um filme publicitário da companhia - que realmente parecia fora da realidade e do momento e há semanas, a própria Presidente Graça Foster tinha pedido demissão


Nenhum comentário: