sexta-feira, 12 de junho de 2015

Céu de brigadeiro para a TAP?

Segundo o Jornal Econômico de Portugal foi com enorme satisfação que David Neeleman, o dono da Azul, e o empresário português Humberto Pedrosa dono da Barraqueiro, receberam a notícia do Governo de Portugal  que a visão para o futuro da TAP feita pelo consórcio Gateway, tinha sido a proposta escolhida para liderar uma nova fase na vida desta tradicional marca do setor aéreo mundial. 


Agora, com uma privatização que vai saldar dívidas no valor de 1 bilhão de euros a TAP vai se tornar outra empresa, sem perder seu DNA de marca. Desde 2014, a marca vinha perdendo valor e estava avaliada em 77 milhões de euros, segundo o blog Marketeer. Ainda segundo o jornal Econômico, a nota oficial do consórcio dizia que: "Mais importante que a vitória é a responsabilidade. A responsabilidade de corresponder às expectativas criadas a todos os envolvidos, desde o Estado aos Colaboradores e  principalmente, os portugueses que tanto sentimento têm pela TAP". O consórcio vencedor - o Gateway - é liderado em 50,1% por Humberto Rosa e 49,9% por David Neeleman, donos das marcas Azul e JetBlue.


Nenhum comentário: