domingo, 5 de julho de 2015

Comunicação integrada ou estragada?

O maior desafio de qualquer empresa é a integração. Adoramos falar nela, mas na prática cada departamento quer mesmo é trabalhar de forma separada. Cada um no seu quadrado. Diretorias inteiras trabalham na lógica feudal, mesmo defendendo no discurso interno que integrar é melhor e que juntos poderemos chegar lá, nos tais objetivos empresariais. Só que não.

Na comunicação, claro, a regra é a mesma. Muitas vezes até pior. Mesmo que a marca da empresa - enquanto o ativo que todos deveriam defender -, seja o farol a guiar os empregados e todos os comunicadores, a verdade é que cada responsável por um tipo de comunicação quer mais é...fazer do seu jeito! Assim, o pessoal de marketing cria peças de varejo com imagens e apelos que nada tem a ver com o posicionamento da marca, pois não conversaram com o grupo que cuida do tal do branding; o pessoal de imprensa faz eventos sem consultar ou convidar outros comunicadores e os colaboradores ficam sabendo das notícias ao olharem o Facebook e o Twitter; a equipe de comunicação interna criar folheterias brincando com a logo da empresa como numa história em quadrinhos, sem prestar atenção no manual da marca e por aí vamos. 

Creio que cada um de vocês, leitores (as) deva ter um exemplo dessa fragmentação, não é mesmo?

Quer ler esse artigo na íntegra? Clique ABERJE.

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito boa a matéria, parabéns! Em todas as empresas que passei, vi a "comunicação estragada", o que é péssimo. Encontrei esse site que foca em comunicação empresarial, através de materiais visuais, eu gostei muito e resolvi compartilhar http://www.boardsolutions.com.br/
Grande abraço.