sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Era uma vez o bom humor.

Propagandas de mau gosto existem. Algumas são escancaradamente ruins, inquestionáveis no seu linguajar e no apelo visual. Mas a onda do politicamente correto vai ganhando contornos exagerados, em todas os segmentos de negócios e também na sociedade em geral. O último exemplo foi a queixa contra a Bombril, no filme comercial com as humoristas Monica Iozzi e Dani Calabresa, ladeando a cantora Ivete Sangalo e "zoando" as habilidades masculinas.


Absolutamente exagerada a ação e a polêmica pela suposta ofensa ao homens. Eu não vi nada disso no vídeo. A ideia era valorizar o protagonismo feminino, mas alguns sentiram-se perseguidos e foram até o CONAR. Fazer publicidade ficou mais difícil, com certeza. Assim como escrever peças teatrais, declamar poemas nas ruas, criar peças artísticas e desenhar cartoons...

Nenhum comentário: