terça-feira, 27 de outubro de 2015

O cheese Halloween do Burger King.

Um cheeseburger "vestido" para brincar o Halloween, o tal do Dia das Bruxas americano. Pode parecer uma boa ideia do pessoal do marketing? Pode ser. É o Whopper do Burger King que chegou para divertir, alimentar e...assustar. Com comida não se brinca, já dizia meu avô. Mas, nestes novos tempos, o que você acha de um produto assim? Os comentários nas redes são, no mínimo, hilários. Sucesso no Japão, o Whopper Halloween tem causado boas anedotas nas redes. Vai uma mordidinha?

Coca-Cola UP: inovação social e ambiental.

Tratamento de efluentes, tecnologia de reuso e de captação de água, processos inovadores para a redução de uso da água na produção industrial e uso mais eficiente da água na agricultura são alguns dos objetivos do PROGRAMA COCA-COLA OPEN UP ÁGUA. Uma iniciativa que potencializa Startups  com grande potencial de impacto social e ambiental e que apresentem soluções e serviços desenhados para questões relacionadas à água.



Uma preocupação mundial e cada vez mais importante para as empresas e a sociedade, a utilização da água demanda muito mais do que uma proposta de eco eficiência (*). É preciso inovar e pensar não somente em reduzir desperdícios ou uso irresponsável, mas também em métodos novos para criar modelos mais lucrativos e que ofereçam soluções escaláveis - capazes de serem utilizadas por diferentes unidades de negócio.


(*)  Segundo o conceito elaborado pelo World Business Council for Sustainable Development – WBCSD, em 1992, a eco eficiência é alcançada pelo "fornecimento de bens e serviços a preços competitivos e que satisfaçam as necessidades humanas e tragam qualidade de vida, ao mesmo tempo em que reduza progressivamente o impacto ambiental e o consumo de recursos ao longo do ciclo de vida, a um nível, no mínimo, equivalente à capacidade de sustentação estimada da Terra".

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Outubro rosa.

Neste mês a boa mensagem é da campanha do "Outubro rosa". São várias as iniciativas estimulando as mulheres (e os homens) a buscarem na prevenção o melhor dos remédios contra uma doença silenciosa e muitas vezes colada no estilo de vida que levamos. Na alimentação, por exemplo, vale a pena, procurarmos menos química, menos industrializados e mais frutas, verduras, legumes...de preferência orgânicos e sem os temíveis defensivos agrícolas que facilitam uma produção em larga escala mas deixam resíduos noviços à saúde da população nos alimentos. 


Claro que essa doença não tem apenas uma causa, ela é a soma de conjunto de fatores potencializadores de seu surgimento - eu nem sou médico para dar esse palpite por aqui -, mas eu acredito que na nossa alimentação temos uma boa dose de veneninhos que acumulados ao longo dos anos, geram células canibais em nossos organismo. Enfim, quero deixar registrado essa mensagem de maior cuidado e atenção com a saúde nesse mês pintado de rosa.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Chegou o bullying aéreo...

Rituais de passagem sempre fizeram parte dos grupos sociais. Alguns deles podem ser do tipo "solidário" como em trotes com calouros recém ingressos nas faculdades que deixaram de ser pintados como palhaços e hoje buscam recolher alimentos para asilos e orfanatos (a Estácio incentiva essa atitude em seus campi). Outros, lamentavelmente, são mais violentos, como nas forças armadas. O fato é que esses ritos de passagem sempre existiram e sempre existirão, pois vivemos influenciados por modelos culturais diferentes e em conjunto com gente cuja mentalidade e nível de consciência é variado, pendendo sempre a balança da civilidade para uma maioria brutalizada e brutalizante. Desta vez um lamentável episódio veio da China, país de um histórico autoritarismo de Estado - que sempre marca a vida de seus cidadadãos. A empresa de aviação Kunming Airlines surgiu nos comentários das redes sociais através de fotos de suas aeromoças "enfiadas" dentro dos bagageiros.


Com seus rostos cobertos não sabemos dizer se estão rindo envergonhadas ou chorando. Ou os dois. De qualquer forma uma foto é apenas uma parte do conjunto da obra. Como elas foram colocadas ali em cima? O que se passou naquela situação é um mistério que as autoridades da aviação civil na China estão querendo saber. Será mesmo? 

Bom, a companhia aérea em nota oficial relatou que desconhece a prática: uma espécie de ritual para novas aeromoças ingressantes nas tripulações. Ou seja, coisa de troglodita aéreo. Brincadeira ou ritual de aceitação que eu particularmente nunca entendi. A Kunming também já tinha sido notícia colocando suas aeromoças com saias curtas e uniformes da seleção brasileira quando a seleção ainda era uma campeã nos campos de futebol da Ásia. Mas essa é outra prática, de marketing para sensualizar no atendimento aos clientes. Então, quem quer viajar pela Kunming?


quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Deixou o ogro em casa?


A Trânsito+gentil é uma campanha de comunicação da Porto Seguro que vem sendo divulgada para influenciar um trânsito melhor e uma cidade mais cordial. O conceito é simples: deixe o "ogro" em casa. Com bom humor, os filmes publicitários caracterizam como um verdadeiro homem das cavernas aquele outro ser que habita em nós mesmos, quando somos motoristas. Ao vestirmos o carro como uma armadura e muitas vezes perdermos a paciência com pouca coisa ou com o erro dos outros e que nós mesmos muitas vezes também cometemos, viramos ogros ao volante.
 
 
Ou seja, o ogro mora com a gente e na hora de encarar o trânsito a mensagem é deixar o monstrinho em casa, quieto. Muito boa a proposta! Afinal, se "gentileza gera gentileza" (como já dizia o profeta andarilho carioca, lembra?) é hora de colocar em prática a nossa própria cordialidade. Com pequenas atitudes nós todos participamos dessa campanha. Ao invés de buzinar, vamos colocar uma música que a gente goste. Ao invés de xingar, respirar fundo e ficar calmo. Ações desse tipo contribuem para um trânsito melhor, diz a campanha da Porto Seguro (e você ganha com isso!).
 
 
 
E sabe de uma coisa? Essa marca acertou em cheio! É isso mesmo, parabéns para a Porto Seguro. A gentileza que a gente quer, começa pela gentileza que a gente pratica.  Essa máscara de ogro, serve para todo mundo. O exemplo que a gente quer ver, começa pelo nosso próprio bom exemplo.

sábado, 3 de outubro de 2015

Fast-Fashion?

Sucesso de vendas ao longo de 30 anos nos Estados Unidos, a Forever 21 chegou ao Brasil em 2014 e causou alvoroço na abertura de suas primeiras lojas, pronta para tentar dominar o mercado do chamado fast-fashion nacional. Sua nova loja vai ser inaugurada no Shopping Plaza (Niterói -RJ).
 
 
A F-21 tem como meta se tornar uma empresa de US$ 8 bilhões até 2017 e inaugurar a loja de número 600 em pouco mais de três anos! Agressivos na estratégia, espalharam suas badeiras pelo Japão, Inglaterra, Canadá, Coréia do Sul, Índia, China e Brasil. Aqui, com o preço do dólar lá em cima, o Brasil ficou barato para a companhia investir. Mas será que está realmente barato ou ao menos acessível para o consumidor? Desafios para o pessoal do marketing, que vai brigar com outras fast fashions como C&A e Zara. A marca, com certeza, tem apelo emocional e de glamour com maior foco nos teenagers - apesar de já ter tido processos por plágio e cópia de modelos.
 

 
A Forever 21 Inc. tem sua sede na Califórnia. A companhia já foi chamada de Fashion 21 quando foi fundada, em 1984, por Do Won Chang, que continua sendo seu CEO - Chief Executive Officer. Mesmo já sendo uma mega empresa global, a F-21 ainda é administrada pela família Chang e continua sendo de capital fechado.
 
 
A F-21 é reconhecida como um varejo especializado em roupas e acessórios oferecendo as novas tendências da moda, a um valor que dizem ser excepcional. Seu modelo de operação está baseado em manter a loja "aquecida" sempre com novos modelos e opções. No site deles, a tendência de estimularem comunidades de relacionamento permite que os consumidores publiquem suas fotos para desfilar virtualmente seu jeito de viver o sonho de ter 21 anos para sempre.