sábado, 3 de outubro de 2015

Fast-Fashion?

Sucesso de vendas ao longo de 30 anos nos Estados Unidos, a Forever 21 chegou ao Brasil em 2014 e causou alvoroço na abertura de suas primeiras lojas, pronta para tentar dominar o mercado do chamado fast-fashion nacional. Sua nova loja vai ser inaugurada no Shopping Plaza (Niterói -RJ).
 
 
A F-21 tem como meta se tornar uma empresa de US$ 8 bilhões até 2017 e inaugurar a loja de número 600 em pouco mais de três anos! Agressivos na estratégia, espalharam suas badeiras pelo Japão, Inglaterra, Canadá, Coréia do Sul, Índia, China e Brasil. Aqui, com o preço do dólar lá em cima, o Brasil ficou barato para a companhia investir. Mas será que está realmente barato ou ao menos acessível para o consumidor? Desafios para o pessoal do marketing, que vai brigar com outras fast fashions como C&A e Zara. A marca, com certeza, tem apelo emocional e de glamour com maior foco nos teenagers - apesar de já ter tido processos por plágio e cópia de modelos.
 

 
A Forever 21 Inc. tem sua sede na Califórnia. A companhia já foi chamada de Fashion 21 quando foi fundada, em 1984, por Do Won Chang, que continua sendo seu CEO - Chief Executive Officer. Mesmo já sendo uma mega empresa global, a F-21 ainda é administrada pela família Chang e continua sendo de capital fechado.
 
 
A F-21 é reconhecida como um varejo especializado em roupas e acessórios oferecendo as novas tendências da moda, a um valor que dizem ser excepcional. Seu modelo de operação está baseado em manter a loja "aquecida" sempre com novos modelos e opções. No site deles, a tendência de estimularem comunidades de relacionamento permite que os consumidores publiquem suas fotos para desfilar virtualmente seu jeito de viver o sonho de ter 21 anos para sempre.
 
 
 

Nenhum comentário: