sábado, 2 de abril de 2016

Comunicação interna: harmonizar relações.

Quanto mais buscamos resultados, impomos metas e objetivos cada vez mais difíceis - especialmente em cenário complexos e conturbados -, ampliamos o lado racional do ser humano dentro da empresa. Não existe problema nenhum nisso, a princípio. O uso racional de recursos, os cálculos e a gestão em busca da excelência, a aplicação de metodologias e controles são fundamentais para manter a empresa viva, gerando lucros, dando retorno aos acionistas, garantindo empregos e salários em dia. Contudo, é preciso sempre estar alerta para que as pessoas não se comportem como robôs e esse papel cabe ao comunicador interno e em espacial ao time de Gente e Gestão ou RH, como queiram. Os guardiões do clima interno de trabalho, totalmente ligado a um relacionamento sadio dentro da organização precisam perceber comportamentos muitas vezes automáticos. Escreveu uma vez um poeta que nosso inconsciente e nossas reações emocionais são como um cachorro. Enquanto esticamos as roupas limpas no varal de forma arrumada, esse cachorro já foi pra sala fazer xixi no tapete. Portanto, meu recado aqui é esse. Harmonizar as relações levando em conta nossos sentimentos é vital para o bom funcionamento do lado racional humano. E vice versa. Equilíbrio é importante, pois não somos máquinas.

Nenhum comentário: