quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Talk the Walk.

Agregar valor e buscar resultados a qualquer custo levou muita empresa, muito gerente e muitos meros mortais a inflacionarem seus discursos e a exagerarem qualidades, nem sempre existentes. A guerra do mercado sempre competitivo e a luta pela captação de clientes deixou as organizações mais…mentirosas. Se falar bem de si mesmo virou o mantra da propaganda empresarial, as pessoas seguiram pelo mesmo caminho e bombaram seus currículos e foram vender seu peixe no mercado de trabalho. Aparentemente tudo era lindo e todos eram vitoriosos naquele planeta do marketing. As técnicas para seduzir consumidores e clientes viraram a senha para ludibriar investidores e também para enganar eleitores. Esse modelo tornou os relacionamentos mais parecidos com uma mesa de poker, cheia de blefes, show de efeitos e cores, palavras ensaiadas, gestual ensaiado. Neste ambiente, ficamos todos mais brutalizados pois escravos da imagem e condicionados ao formato dessa embalagem,  perdemos a essência. Esquecemos o sentido, o ser real. Bonitos por fora, esvaziados por dentro mas com discursos perfeitos, exageramos nas vantagens e deliramos no narcisismo. O mundo contudo, cansou dessa modernidade feita de maquiagem pesada e pediu para resgatar a sinceridade no âmbito comercial, na esfera dos governos e principalmente das relações.


Nenhum comentário: